Cuidado com a língua!

Cuidado com a língua, pois ela pode trazer prejuízos para sua família!

Tiago: 3. 6. A língua também é um fogo; sim, a língua, qual mundo de iniqüidade, colocada entre os nossos membros, contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, sendo por sua vez inflamada pelo inferno.

De vez em quando , lemos em jornais que falam de grandes acidentes causados por simples faíscas ou fagulhas que resultam em perdas imensas, tanto para o meio ambiente , quanto para a vida humana. De igual modo, muitos “incêndios”têm sido causados nos lares por meio de uma pequena fagulha ateada de forma irresponsável. O cônjuge que, antes de falar, não parar para pensar na extensão de seu ato, sofrerá as conseqüências.

Faça um auto-exame. Não é possível de uma boca sair palavras de louvor, de adoração e também de maldição contra o próximo. De uma fonte de água não jorra primeiro água doce e depois água amarga, isto é inconcebível. Pode a figueira produzir figos e azeitonas? Não há possibilidade de ser as duas coisas ao mesmo tempo.

Uma língua, fonte do bem do mal, freqüentemente paralisa os relacionamentos e o amor recíproco, envenena as mentes, destrói a fé, macula o caráter e arrasa reputações. Use sua língua para transmitir palavras de bençãos e edificação ao seu cônjuge e filhos.
Elimine a gritaria com palavras de insultos aos membros de sua família!

Pr. Marcos

Elogios

“Um bom elogio pode ajudar muito seu casamento”. Uma forma de se expressar o amor emocional é utilizar palavras que edificam. Salomão, um dos escritores da Bíblia, escreveu: “A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto”.1 Muitos casais nunca aprenderam o tremendo poder de uma afirmação verbal mútua. Mais tarde, este rei acrescentou: “A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra”.2

Elogios verbais e palavras de apreciação são poderosos comunicadores do amor. São os melhores comunicados em forma de expressão direta e simples, como: Você ficou tão elegante com esse terno!” “Você está muito bem com esse vestido!” “Ninguém faz essas batatas melhor que você!” “Querido, muito obrigada por ter lavado a louça para mim esta noite”

“Muito obrigada por pagar mais um dia da faxineira esta semana. “Muito obrigado por ter feito um jantar tão gostoso!”

O que deverá acontecer ao clima emocional do casamento se o marido e a mulher ouvirem essas palavras de afirmação regularmente? Elogie realmente seu cônjuge e desfrute.

 

Pr. Marcos e Fernanda

POR QUE DEVEMOS ORAR JUNTOS?

A Bíblia fala muitas vezes sobre a necessidade da oração. Foi o próprio Senhor Jesus quem ensinou sobre o dever de orar sempre. “E contou-lhes também um parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer.” (Lucas 18.1)

1 – POR QUE DEVEMOS ORAR JUNTOS?

“Também vos digo que se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feiro por meu Pai, que está nos céus.” (Mateus 18.19)

“Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou eu no meio deles.” (Mateus 18.20)

1.1 – PROPORCIONA SEGURANÇA NO CASAMENTO

1.2 – AUMENTA A INTIMIDADE DO CASAL

1.3 – NÃO DEIXA O CÔNJUGE SOFRER SOZINHO

Deus abençoe sua união.

 

Vivendo bem em seu casamento

Deus quer que você viva bem no casamento quer também que você viva bem com ele. Faça a vontade de Deus em todas as áreas da sua vida

Há quatro palavras, ou frases, que precisamos falar todos os dias para o nosso cônjuge

Ao falar estas palavras, a correspondente atitude tem que acompanhar. Se forem apenas palavras, nada adiantariam. E. Diga você estas palavras:

“Eu te perdôo”.

Mt 6.12; 18. 21-22; 2Co 2.10; Ef 4.32

Estas palavras (e atitude) curam o ressentimento e amargura. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “Em que eu tenho ofendido ou defraudado? Pelo que eu sinto mal para com meu companheiro?”

“Eu te elogio”.

Pr 31.28-31; 1Pe 3.7

Estas palavras curam a crítica e a acusação. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “O que meu amor fez de bem hoje?”

“Eu te sirvo”.

Gl 5.13

Estas palavras curam o egoísmo e a omissão. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “Como eu posso ajudar meu grande amor hoje?”

“Eu te amo”.

Gl 5.14; 2Co 4.5

Estas palavras curam a negligência. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “Como eu posso mostrar hoje o meu amor pelo meu cônjuge .”

Conclusão

Se você falar todos os dias estas palavras para seu cônjuge, você terá um relacionamento conjugal que será uma benção.

 

Deixe Deus edificar sua casa

A Bíblia diz no salmo 27: “Se o Senhor não edificar a casa em vão trabalham os que a edificam”.

A família é algo que não pode passar despercebido em nossos dias. Este grande tesouro que é a família deve ser guardado e protegido pelo Senhor. Hoje em dia a família se encontra desagregada e sem interesses em princípios fundamentais para sua edificação. Filhos que não sabem quantos anos têm seus pais, não guardam datas de aniversários nem dos próprios irmãos, pais que são ausentes e omissos com relação a sua casa etc.

Resgatar estes valores vai exigir certo esforço e também muita perseverança. Mas com certeza seremos mais que vencedores. Como vai a sua casa? E a sua família como anda? Estão sendo edificados nos princípios da Palavra ou você acha que isto não e mais necessário. Como Josué devemos dizer. “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.

Amém .

 

Viva bem em seu Casamento

Deus quer que você viva bem no casamento quer também que você viva bem com ele. Faça a vontade de Deus em todas as áreas da sua vida

Há quatro palavras, ou frases, que precisamos falar todos os dias para o nosso cônjuge

Ao falar estas palavras, a correspondente atitude tem que acompanhar. Se forem apenas palavras, nada adiantariam. E. Diga você estas palavras:

“Eu te perdôo”.

Mt 6.12; 18. 21-22; 2Co 2.10; Ef 4.32

Estas palavras (e atitude) curam o ressentimento e amargura. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “Em que eu tenho ofendido ou defraudado? Pelo que eu sinto mal para com meu companheiro?”

“Eu te elogio”.

Pr 31.28-31; 1Pe 3.7

Estas palavras curam a crítica e a acusação. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “O que meu amor fez de bem hoje?”

“Eu te sirvo”.

Gl 5.13

Estas palavras curam o egoísmo e a omissão. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “Como eu posso ajudar meu grande amor hoje?”

“Eu te amo”.

Gl 5.14; 2Co 4.5

Estas palavras curam a negligência. Pergunta para se fazer a si mesmo todos os dias: “Como eu posso mostrar hoje o meu amor pelo meu cônjuge .”

Conclusão

Se você falar todos os dias estas palavras para seu cônjuge, você terá um relacionamento conjugal que será uma benção.

 

Dia a Dia

O cotidiano agitado das pessoas, aliado à grande facilidade de obter o divórcio tem diminuído a duração das uniões matrimoniais .Para se ter uma casamento pleno, as crises são necessárias, já que são elas que vão servir como termômetro para o casal medir o quanto  anda o relacionamento. Um relacionamento que dá certo é um edifício que tem que ser construído todos os dias. A seguir, acompanhe os nove passos para você ter um casamento feliz!

1- Nunca se endivide. Tudo o que é barato, por mais barato que seja, se você não precisa, é caro!

2- Não deixe acabar o diálogo no namoro, o casal conversa por horas no portão ou pelo telefone. Recupere este hábito sempre, e nunca responda com monossílabos como ”Sim”, ”Não”, ”É”, ”Tô”, ”Vou”etc.

3- Não deixe acabar o romantismo. Não basta acender a fogueira, tem de colocar lenha para o fogo continuar a arder!

4- Não se esqueça de datas especiais, e não se canse de dizer Ëu te Amo”.

5- Tenha uma vida sexual ativa.

6- Deixe claro que família está sempre em primeiro lugar na sua vida.

7- Aprenda a perdoar. Não exija a perfeição – Que você não tem – no parceiro.

8- Não trabalhe demais. Tire, pelo menos, um dia de folga por semana. Lembre-se de que o diabo não tira férias, mas vive no inferno.

9- Cultive a espiritualidade.

Deus fortaleça sua união .