Foi Ele que nos escolheu

“Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça.” João 15.16
Ref: Gn 1.24,25/ Rm 3.21-26

“Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus.” Rm 3.24,25.

Existem épocas, tempos que Deus estabeleceu para que possamos fazer uma avaliação. O fim do ano é uma oportunidade para fazermos uma reflexão.

Será que melhoramos ou pioramos no ano que passou? Desde menino escuto a frase: “Todo homem tem que plantar uma árvore, escrever um livro e ter um filho.”

Há pessoas que não fazem nada por si nem pelo próximo. Deus só nos confiará algumas coisas se cuidarmos do que está em nossas mãos.

O que for colocado em nossas mãos deve ser feito com excelência e com confiança no Senhor Jesus.
O nosso negócio é Deus, não é crer no governo, nas instituições humanas, no emprego. Nossa confiança tem que estar no Senhor Jesus.

O que faz a diferença pra nós é a nossa fé n’Ele. O mundo tem fé na ferradura de cavalo, nas oferendas, nas mais variadas superstições, já a nossa fé está em Jesus Cristo.

“Sendo justificados gratuitamente por sua graça, por meio da redenção que há em Cristo Jesus.” Rm 3.24.

Foi Deus que nos escolheu. Quando aceitamos a Cristo o nosso passado é lavado pelo sangue do Cordeiro.

Antes de Jesus, pela lei de Israel, quando uma pessoa pecava, pegava um animal (cordeiro), levava ao sacerdote para sacrificar e fazer propiciação do pecado, e assim, o sangue do animal era derramado no altar.

Jesus Cristo um dia veio e quando João o viu disse: “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.”

O sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado. Ele foi imolado por nós e hoje o único sacrifício que temos que fazer hoje é o sacrifício de louvor, fruto dos lábios que confessam o nome do Senhor.

Jesus aceitou ser humilhado para que tivéssemos vida e vida abundante. No mundo existem pessoas fazendo as maiores atrocidades, crendo nas coisas mais absurdas, e Jesus Cristo nos escolheu. A única coisa que Ele deseja de nós é que creiamos n’Ele.

Há pessoas sofrendo, vivendo uma vida medíocre, e acreditando que Deus quer que elas fiquem desse jeito. Deus não tem prazer no sofrimento, nas injustiças. Temos que ser fiéis ao Senhor e confiar no Seu amor, na Sua misericórdia.

Creia em Jesus, olhe pra frente nesse ano de 2012, reconheça o Senhor nas mínimas e nas grandes coisas e se esforce para alegrar o coração d’Ele.

Pr. Jorge Linhares

Deixe seu comentário