Rir é tudo de bom

“Alegrem-se no Senhor e exultem, vocês que são justos! Contem de alegria, todos vocês que são retos de coração!” (Salmos 32.11)

Há muitas coisas extremamente sérias acontecendo no mundo, e precisamos estar cientes e preparadas para elas. Ao mesmo tempo, porém, precisamos aprender a relaxar e aceitar as coisas conforme elas se apresentam, sem sermos afetados por elas e ficarmos nervosos e zangados. Precisamos aprender a desfrutar da boa vida que Deus nos deu através da morte e ressurreição de Seu Filho Jesus Cristo (veja João 10.10). Apesar de todas as coisas perturbadoras no mundo ao nosso redor, nossa confissão diária deveria ser. “Este é o dia que o Senhor nos deu. Eu me regozijarei e me alegrarei nele”.

Algo que nós, cristãos, precisamos fazer mais em nossas vidas é rir. Temos a tendência de sermos tão pesados com relação a tudo: nosso pecado, esperar perfeição de nós mesmos, nosso crescimento em Deus, nossa vida de oração, os dons do Espírito e a memorização de versículos bíblicos. Andamos por aí carregando tantos fardos pesados! Se apenas ríssemos um pouco mais – tenham bom ânimo, “alegrai-vos” – veríamos que um pouco de riso torna bem mais leve aquele fardo.

No mundo em que vivemos não se encontra muita razão para sorrir, então teremos que fazer uma força e rir de propósito. É fácil encontrar coisas com que nos preocuparmos, mas para ser feliz precisamos fazer um pouco de esforço nessa direção. Precisamos sorrir e desfrutar de um bom momento!

Joyce Meyer

Deixe seu comentário