Sara, a mulher de formosa aparência

Valdenira Nunes de Menezes Silva

“Pela fé também a mesma Sara recebeu a virtude de conceber, e deu à luz já fora da idade; porquanto teve por fiel aquele que lho tinha prometido” (Hebreus 11:11).

1. Passos Rumo à Canaã
Não deve ter sido fácil para Sara, esposa de Abraão, esperar o cumprimento das promessas de Deus.
O Senhor fez promessas importantes a seu marido e, pela fé, eles tiveram que abandonar tudo – sua terra, seus familiares, a casa do pai – e seguir para uma terra que o Senhor lhes prometeu.
O Senhor disse a Abraão: “… Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que Eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção” (Gênesis 12:1-2).
Não deve ter sido fácil para eles e não é fácil para nós quando Deus nos manda fazer algo que vai mudar completamente a nossa maneira de viver. É difícil visualizar o que Deus está planejando para nós, pois, como diz Twila Paris: “Como seres humanos, não somos capazes de ter a visão completa das coisas. Mas o Senhor tem essa capacidade, e Ele está fazendo a obra à Sua maneira e no Seu tempo.”
Sara tinha a sua vida calma, tranqüila, juntamente, com seu marido na cidade de Ur dos caldeus. Agora, tudo iria mudar. A sua vida daria uma reviravolta sem igual! Ela iria para uma terra que não conhecia e que Deus disse: “… para a terra que te mostrarei.”Certamente, foi difícil para Sara deixar a bela cidade de Ur que ficava às margens do rio Eufrates. Mas, por amor a seu esposo e, principalmente, por amor a Deus, ela partiu decidida no seu coração, de olhar para a frente e confiar nas bênçãos que Deus já tinha preparado para eles.
Assim como Sara, devemos confiar no Deus que cuida de nós, que nos ama e tem preparado o melhor para as nossas vidas.
Como filhas que desejam se tornar “a menina dos olhos do Senhor”, devemos, assim como Sara, olhar para a frente, aceitar os Seus planos para nossa vida sem reclamar, sem exigir dEle, pois a Bíblia nos diz que devemos fazer “todas a coisas sem murmurações nem contendas” (Filipenses 2:14).
Mesmo que estejamos vendo coisas ruins naquilo que Deus tem de bom para nós, devemos confiar nEle. Ele é o Deus Todo Poderoso que está no controle de tudo, é Ele que sabe o que é melhor para nós, é Ele que está caminhando lado a lado conosco, não nos deixando tropeçar.
Se, pela fé, entregarmos tudo em Suas mãos. Ele é o que vai encher o nosso coração de alegria, júbilo e ardente confiança. Devemos ser agradecidos a Ele por causa da Sua fidelidade, do cumprimento das Suas promessas e por Seu amor por nós fazendo tudo segundo a Sua vontade.

2. Mulher de Formosa Aparência, Leal e Correta
Vários são os conselhos que a Palavra de Deus nos dá sobre beleza.
Em Provérbios 31:30, ela diz: “Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada.”
Outro conselho encontramos em Provérbios 6:25: “Não cobices no teu coração a sua formosura, nem te prendas aos seus olhos.”
Nós mulheres, que tanto nos preocupamos com a beleza física (na verdade, não vejo nada de errado nisso, pois somos o templo do Espírito Santo e temos que cuidar do nosso corpo, mas sem exagero). Não podemos esquecer de que o que realmente tem valor para Deus é a beleza interior.
A Bíblia nos diz, em Gênesis 12:11, que Sara era mulher formosa à vista, mas além de ter a beleza física, ela também tinha um espírito muito bonito, pois era leal, correta, submissa a seu esposo. Esta obediência rendeu-lhe, em algumas ocasiões, momentos de sofrimento e desesperança.
Em determinado momento, Abraão e Sara tiveram que se mudar para o Egito por causa da vida difícil que estavam levando. Sabendo que sua vida corria perigo, pois faraó com certeza acharia Sara muito bonita, Abraão combinou com ela que deveria dizer que era sua irmã (na verdade, ela era meio irmã, pois era filha do mesmo pai).
Ele disse: “… Ora, bem sei que és mulher formosa à vista; E será que, quando os egípcios te virem, dirão: Esta é sua mulher? E matar-me-ão a mim, e a ti te guardarão em vida. Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti” (Gênesis 12:11-13).
Creio que esta decisão trouxe grande sofrimento para Sara, mas mesmo assim ela, por ser uma esposa submissa ao esposo, obedeceu.
Neste seu ato de obediência vemos duas características difíceis de serem encontradas, hoje em dia, nas mulheres que lutam por seus direitos de igualdade com os homens.
a. Submissão
Sara foi, realmente, uma mulher submissa e por isso Deus cuidou dela e a abençoou.
Você é uma mulher submissa a seu esposo assim como foi Sara? Ou você é uma mulher insubmissa e por muito menos deixa de receber as bênçãos que Deus teria para você?
Trabalhemos mais o nosso interior, procurando obedecer ao que Deus nos manda na Sua Palavra, não apenas nos submetendo a nosso marido, mas lendo a Bíblia, diariamente, orando ao Senhor e derramando no Seu Altar nossos agradecimentos e pedidos, tendo um grande pesar em nossos corações pelas almas perdidas, sendo sensível às necessidades do nosso próximo, amando e criando nossos filhos na admoestação do Senhor.
Deixe que seu interior seja uma luz que brilha neste mundo cheio de trevas.
Deixe que seu interior mostre ao mundo que o Deus que você aceitou é um Deus de amor, um Deus que sacrificou Seu próprio Filho para nos dar a vida eterna.
b. Fé em Deus
Por causa da sua beleza, Sara foi desejada por faraó que a colocou como mais uma no seu harém.
Sara sofreu, pensou que talvez nunca mais visse Abraão, mas por causa de sua grande fé, esperou que o Senhor agisse.
“Espera no Senhor, anima-te, e Ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor.” (Salmo 27:14).
“Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.” (Isaías 40:31).
E foi exatamente isto que Sara fez, ela repousou no Senhor e saiu vitoriosa. Quando esperamos no Senhor, sentimos a Sua paz e conforto no coração. Esperamos nEle com fé e, com certeza seremos abençoadas.
O mesmo Deus que livrou Sara das mãos de faraó é o nosso Deus que nos livrará e estará conosco nos momentos em que precisarmos dEle.
E, com fé em nosso coração, não esqueçamos de enfeitar o nosso interior com um “espírito manso e quieto que é precioso diante de Deus” (1 Pedro 3:4).

3. Tentativa de Sara de Ajudar Deus
Deus havia prometido a Abraão que ele teria um filho com Sara. Muitos anos se passaram e ela, começando a ficar impaciente, decidiu dar uma mãozinha para Deus.
Era comum, naquela época, uma serva deitar-se com seu patrão se sua senhora não pudesse gerar filhos. Sara, então, deu permissão a Agar, sua serva egípcia, para dormir com Abraão, seu esposo. Sua escrava teria o “filho prometido” que ela não poderia dar a ele.
Sara pensava que este seria o filho da promessa, porém foi o filho que só provocou discórdia entre Sara e Agar. Talvez, assim como muitos de nós, ela tenha esquecido o que Deus havia prometido a seu esposo:
“Disse Deus mais a Abraão: A Sarai tua mulher não chamarás mais pelo nome de Sarai, mas Sara será o seu nome. Porque Eu a hei de abençoar, e te darei dela um filho; e a abençoarei, e será mãe das nações; reis de povos sairão dela.” (Gênesis 17:15-16).
A ajuda que ela quis dar a Deus só causou angústia e sofrimento, tanto no momento como no futuro, pois os conflitos que existem, hoje em dia entre árabes e judeus são devidos a este ato impensado de Sara, ao permitir que sua escrava se deitasse com Abraão.
Mesmo ela tendo agido de maneira errada, Deus lhe deu o filho que lhe havia prometido.
Quando nasceu Isaque, o verdadeiro filho da promessa, Ismael (filho de Agar com Abraão) já havia nascido.
Sara, cujo nome significa “princesa”, foi um exemplo de mulher submissa, leal, temente a Deus e cuja fé a colocou na galeria dos heróis da fé encontrada em Hebreus 11.11.

Oração
Senhor Deus e Pai, quero colocar em Tuas mãos a minha vida.
Que eu possa confiar em Ti, sentindo em meu coração os planos que tens para mim.
Que eu seja sensível à voz do Teu Espírito para aceitar com alegria o que tens preparado para mim.
Que eu nunca duvide que tens ainda muitos planos para minha vida e que eu possa aceitá-los com o coração cheio de alegria.
Que as pessoas ao meu redor possam ver em minha face o riso que colocaste dentro de minha alma.
Obrigada, Senhor!
Amém!

Deus nos abençoe, à medida que nos esforçamos para melhor obedecê-Lo.
“Quem crê nEle não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.” (João 3:18).
“Como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus!” (Sl 42:1)

Uma ideia sobre “Sara, a mulher de formosa aparência

Deixe uma resposta para ryan Cancelar resposta