O papel da mulher no casamento

Deus criou o homem e a mulher no mesmo dia (Genesis 1:26-27), eles tinham o mesmo valor gracioso, mas cada um tinha um papel bem como um lugar específico. Deus colocou o homem na posição de cabeça, de chefe da família e a mulher em posição de assistência, de suporte para seu marido.

No casal, a mulher é chamada para ser submissa a seu esposo assim como ela é ao Senhor ( Efésios 5:22). A palavra submissão geralmente é pobremente usada e entendida. Na verdade, ser submissa, é estar debaixo da cobertura, proteção, responsabilidade de nossos maridos concernente a realização da missão que Deus confiou a eles. Nesta relação, a mulher não é pisada ou atropelada, bem pelo contrário, ela mantém sua identidade e todo o seu valor diante de Deus. O homem é o chefe da família, submisso ao Senhor, alimenta, protege e cobre sua esposa e filhos. A mulher tem do seu lado a assistência, o suporte, encorajando-o através do respeito e honra que tem por seu marido (Colossenses 3:23)

Cuide de seu marido

Você pode ajudar seu marido enquanto cuida dele, enquanto prepara seus pratos preferidos, enquanto presta atenção às suas ligações, suas roupas, enquanto lhe mostra seu amor através de palavras doces e atitudes notáveis enquanto tem relações íntimas.

Para ajudar, você é a primeira interessada em seu marido, por isso tenha um tempo pessoal para orar por ele e tenha também momentos de oração como casal.

Seja sua confidente e uma mulher de paz

Você pode ajudar seu marido enquanto se torna sua melhor amiga, sua confidente, sendo fácil ele confiar em você. Pode ajudar seu marido ao apoiá-lo quando ele passa por momentos difíceis, ao ouvi-lo sem tentar fazer comentários nos espaços,  ao lhe trazer palavras de incentivo, ao lembrá-lo de suas vitórias anteriores, que lhe dão força e energia para melhor enfrentar as presentes situações, enquanto frisa como ele é capaz de encarar os novos desafios.

Uma mulher deve buscar por paz em cada momento com seu marido, ela deve conversar com ele docemente e ter palavras amáveis de modo que os “relatórios” entre os dois sempre sejam bons e que o clima de casa seja sempre tranqüilo (Romanos 12:18; Romanos 14:19; 1 Pedro 3:10-11).

Não hesite em dar o primeiro passo

Em caso de discussão, coisa que acontece, não hesite em dar o primeiro passo. Isso geralmente é rotulado como uma atitude de fraqueza, quando, na verdade, é uma atitude de magnitude e amor. Deus não hesitou em fazer isso com Adão: Depois de pecarem, Eva e ele se esconderam de Deus, que sabe e que vê todas as coisas, e que sabia, entretanto, exatamente o que eles haviam feito e onde tinham se escondido. Deus deu o primeiro passo indo na direção deles e chamando por Adão (a pessoa responsável pelo casal). Se Deus fez isso, quanto mais nós devemos fazer um com o outro. Ao agir assim, você não somente traz a paz de volta, mas fecha a porta para os planos de divisão do inimigo, e fará que o seu esposo seja tocado por essa atitude e tente ser como você.

Não seja como estas mulheres que gostam de discussões, pelo contrário, fuja e busque antes por paz para as discussões que fazem os homens fugirem (Provérbios 25:24; Provérbios 21:19).

Deixe seu comentário