O casamento e as estações

Passos para evitar o outono e o inverno no casamento

Adaptado da pregação do PR. Elienos

Cada estação do ano nos traz sensações diferentes: o verão traz calo que, embora às vezes desconfortável, é a melhor época para curtir praia e piscina, e ambos sempre nos dão muito prazer e alegria. A primavera traz o doce perfume das flores e também a beleza delas. O outono já começa a dar uma sensação de tristeza, começa a ficar um pouco mais frio e as folhas das árvores vão secando e ficando feias. Enfim, o inverno traz frio e às vezes muito frio.

O casamento pode ser comparado, muitas vezes, às estações do ano. E é muito importante que nosso casamento não caia no outono e no inverno. Todos os casamentos tem suas desavenças, é claro, mas não podemos perder o perfume, a beleza e o calor que há. Neste artigo, o Pr. Elienos nos ajuda ensinando alguns passos para evitarmos o outono e o inverno em nosso relacionamento.

1 – Fuja do Pecado – Provérbios 5:2-5

Não importa o passado, o que você já fez, o que importa agora é fugir do pecado daqui para frente. Feche todas as portas para a tentação: Internet, pornografia, adultério, mentiras. Essas coisas só vão trazer frieza para o seu relacionamento, além de fazê-lo perder a beleza e o perfume. Se você não fugir do pecado você irá entristecer em primeiro lugar a Deus e depois ao seu cônjuge.

2 – Reafirme seu compromisso todos os dias

Seu casamento é o seu compromisso. Seu compromisso é fazer seu cônjuge feliz. Vocês precisam ter o compromisso de ficar juntos, de amar, de crescer como pessoas, e de um casamento exclusivo e para toda a vida.

3 – Resolva as falhas do passado

Às vezes o casal está bem e de repente surge uma discussão, e com ela vem muitas mágoas do passado. Resolva as falhas. Não deixe o Diabo ficar usando coisas lá de trás para perturbar seu casamento. Pv. 10:12.

Para isso é preciso 3 pequenos passos:

– Identifique as falhas do passado. Faça isso conversando com seu cônjuge.

– Confesse e se arrependa. Peça perdão e perdoe.

– Perdoe! Perdoe e ore com seu cônjuge.

Mas cuidado! Não faça disso uma caça às bruxas.

4 – Ouça com empatia – Provérbios 18:3

Dizem que a mulher fala 25 mil palavras por dia e o homem 10 mil. Por isso é preciso um acordo: Os dois tem que conversar e ouvir.

Geralmente as mulheres gostam de falar e o marido precisa aprender a ouvir e tentar entender a esposa. Por outro lado, a mulher precisa entender que o homem não tem necessidade de conversar o tempo todo, e que gosta de um pouco de silêncio. Um precisa entender o outro. Não adiante querer conversar com seu marido na hora do jogo de futebol.

5 – Respeite os limites do seu cônjuge

Às vezes a esposa está cansada e não pode falar “não” para o marido que quer sexo. Por fim ela acaba tem seu limite desrespeitado. Acostumamos-nos um com o outro e acabamos por ignorar os limites de cada um.

6 – Exerça o poder da honra

Honrem um ao outro. A esposa precisa honrar o marido. Um homem se sente feliz quando é honrado por sua esposa onde quer que for, mas o marido também precisa honrá-la.

7 – Confiem em Deus de todo o coração

Um casal que coloca toda sua confiança em Deus tem muito mais facilidade de se mante no verão e na primavera. Quando Deus está em primeiro lugar e quando o casal reconhece que Deus é que os sustenta é muito mais fácil lidar com as dificuldades financeiras e de relacionamento. Um casamento alicerçado em Deus e em Sua Palavra dificilmente vai cair na frieza e na falta de beleza que o outono e o inverno trazem.

Deixe seu comentário